Top 10 destinos mais famosos para praticar surf em Portugal no Instagram

Os destinos mais famosos, no Instagram, para surfar

magazine_image

Surfar é muito mais do que um passatempo ou desporto, é um estilo de vida. Os surfistas farão o que for preciso para obter boas ondas, quer seja a conduzir duas horas pela costa, ou a voar para um país do terceiro mundo. Quando as ondas são boas, todos os dias estarão pessoas na água, até já não mais puderem remar.

Como tal, a Holidu, o motor de pesquisa para casas-de-férias, mostra-lhe o ranking sobre os locais mais famosos para praticar surf em Portugal. Apresentamos-lhe, ainda, alguns conselhos sobre que praia visitar para encontrar as melhores ondas.

 

1. Lisboa – 6.475 hashtags

Em primeiro lugar, Lisboa. Na verdade, não é muito comum os surfistas planearem uma viagem de surf  à volta desta região, contudo existem uma imensidão de ondas por onde escolher. Desde beach breaks perfeitos até point breaks de cinco ou seis manobras. Acredite que não se vai desiludir!

Holidu Tip: Venha apanhar umas ondas na Costa da Caparica. A onda mais “amigável” de Lisboa e arredores, perfeita para os dias de verão. Quando estiver cansado fique na praia a apanhar um sol.

Costa da Caparica Surfer

Surfista na Costa da Caparica, crédito Andrew Fecheyr. via Flickr

2. Cascais – 3.924 hashtags

O outono e a primavera são, provavelmente, os períodos de melhor surf em Cascais. As ondulações regulares de Oeste e a água quente vão deixá-lo de boca aberta. O Verão é melhor para os principiantes, enquanto o Inverno deve ser deixado para os surfistas mais experientes, pois as ondas podem ficar grandes. 

Holidu Tip: Visite a Praia do Guincho em Setembro, onde maioritariamente, o vento e a  ondulação vêm do quadrante sul fazendo com que este seja quente e offshore, perfeito para tubos.

Guincho surfer

Praia do Guincho, surfista Ricardo Pinto

3. Porto – 3.184 hashtags

A costa do Porto, em terceiro lugar, é ainda, um território relativamente desconhecido. Encontre beach breaks praticamente vazios perto de uma cidade fresca e rica em cultura. A água, contudo, é muito fria por isso aconselhamos um fato de surf mais grosso.

Holidu Tip: De todo o surf à volta do Porto, Espinho é aquele local que provavelmente já ouviu falar. Um dos locais mais famosos em todo o norte de Portugal, contando com direitas e esquerdas pesadas e tubulares. Os surfistas locais, normalmente, ficam com as melhores ondas.

Espinho surfer

Surfista na Praia de Espinho, crédito Roman Königshofer via Flickr

4. Sagres – 3.011 hashtags

A geografia única de Sagres faz desta região um refúgio para todos os níveis de surfistas. A cidade encontra-se no extremo sul de Portugal fazendo com que, por um lado, tenha as águas relativamente calmas do Algarve, por outro, tenha as bombas de mar aberto que inundam tanto recifes, rochas e praias. Esta divisão representa um possível lado sem ondas e outro com boas ondas. A enorme vantagem, dá sempre para surfar!

Holidu Tip: Siga até à praia da Cordoama. Esta praia mais isolada isolada significa muitas vezes  menos pessoas dentro de água. Mas não é só isso. As condições de Verão puxam as ondas do quadrante N-NW para criar alguns picos perfeitos de água quente.

Sagres surfer by Alan Beesley

Surfista em Sagres, crédito Alan Beesley via Flick

5. Madeira – 2.519 hashtags

Em quinto lugar, Madeira. Quer seja um principiante à procura de uma onda pequena ou um profissional que queira desafiar ondas maiores, a Madeira oferece óptimas condições para a prática do surf. As Ilhas da Madeira são consideradas por muitos surfistas como o Hawaii da Europa. A qualidade das ondas, a temperatura da água e o clima, com uma média anual de 21 graus, o sol, paisagens deslumbrantes e a proximidade do continente europeu fazem da Madeira um destino para o surf.

Holidu Tip: “Ondas secretas” conhecidas apenas pelos locais, que só se podem alcançar de barco, permitem surfar nas ondas únicas e melhores. Por isso, alugue um barco e surf sem ninguém.

Madeira surfer

Surfista Madeira, crédito Alexander Baxevanis via Flick

6. Matosinhos – 2.476 hashtags

Matosinhos em sexto lugar. É o local de eleição para a maior parte dos habitantes do Norte. Na verdade, há dois beach breaks aqui. A parte mais protegida da baía, perfeita para os dias em que o mar está grande. De seguida temos um outro beach break que está quase sempre a funcionar, com ondas espectaculares. 

Holidu Tip: A praia de Leça da Palmeira é a escolha a fazer para apanhar ondas de sonho. É uma das etapas do circuito nacional de surf, logo sabemos que vale a pena.

Matosinhos surfer by Jorge Bras

Surfista Matosinhos, crédito Jorge Bras via Flickr

7. Leiria – 517 hashtags

Em sétimo lugar, Leiria, a norte de Lisboa, existem alguns dos mais famosos spots de surf em todo o país, como Peniche apreciado pelos surfistas mais experientes pelas suas ondas perfeitas e pelos seus tubos; ou como Foz do Arelho, com belas praias de areia fina dourada, que contém a única reserva marinha portuguesa: Ilha da Berlenga; ou como a Nazaré , com grandes ondas e fortes correntes.

Holidu Tip: Atualmente, devido às suas ondas perfeitas, Peniche é considerada um dos pontos quentes do surf europeu, sendo comparada às melhores ondas do mundo. Razão pela qual a onda de Supertubos está no circuito mundial de surf, WSL (World Surf League)

Super Tubos surfer

Surfista na Praia de Super Tubos, crédito Bengt Nyman via Flickr

8. Aveiro – 424 hashtags

Aveiro é uma cidade muito agradável, com canais fluviais e muitos cafés que oferecem bolos tradicionais e deliciosos. O que é o mais importante para nós, são as ondas. Existem ótimos spots de surf à volta. A norte encontrará a Praia da Barra, uma praia muito popular que tem ondas consistentes e uma extensa área com picos diferentes. Mesmo ao lado da Barra encontra-se outro lugar encantador chamado Costa Nova, famoso pelas casas de cor listrada. Estes locais favoritos dos surfistas estão a oferecer muitas ondas engraçadas.

Holidu Tip: A famosa praia da Barra. É uma praia incontornável da região, na qual desagua a Ria de Aveiro, distinguida pelo Farol da Barra, pelo areal dourado e pela água de excelente qualidade, da qual emergem boas ondas para a prática de surf. Ao surfar nesta praia vai ter como fundo vários barcos de pesca muito típicos da região.

Praia da Barra

Praia da Barra, crédito Vitor Oliveira via Flickr

9. Sintra – 264 hashtags

Em nono lugar, Sintra. Nesta região há algo de bastante intimidante sobre o mar. É um mar, por vezes, revolto, sem têmpera, muitas vezes feroz, que trairá qualquer confiança que se deposite nele num piscar de olhos. Desrespeite o surf e o surf vai devorá-lo. Contudo vai apanhar as ondas da sua vida se escolher as certas. Direitas e esquerdas desde o outside até à areia.

Holidu Tip: Tem uma grande variedade de ondas e praias por onde escolher, por isso deixamos as nossas três preferidas: Praia Grande, Praia Pequena e Praia das Maçãs. Qualquer umas destas lhe apresenta ondas de classe mundial.

Sintra surfer by Gustavo Veríssimo

Surfista na Praia Grande, crédito Gustavo Veríssimo via Flickr

10. Açores – 232 hashtags

Do ponto de vista do surf, os Açores lembram-nos o Hawaii. As suas nove ilhas vulcânicas apresentam beach breaks imaculados, recifes de classe mundial, e point breaks sonhadores e longos. O arquipélago português fornece ondas consistentes durante todo o ano, mas é considerado como um destino de surf de primeira qualidade, especialmente durante o Inverno, Primavera, e Outono. Se visitar a região durante o Verão, não se preocupe pois há sempre uma onda pequena a quebrar algures perto da costa.

Holidu Tip: A Praia dos Mosteiros é uma  direita composta por duas seções. No início, há uma drop vertical sobre o fundo rochoso do mar, seguida de uma secção rápida para manobrar. Esta praia é bastante popular entre os surfistas locais.

Açores surfer

Surfista nos Açores, crédito ajay_suresh via Flickr

Metodologia

A classificação foi feita pela Holidu, realizando uma contagem de menções de surf dos locais com mais de 100 hashtags no Instagram.  Foram somadas as menções “surfLocal” e “Localsurf” originando num total. Este resultado final foi, então, colocado numa classificação final.

Outros artigos nesta categoria