Caminhadas em Lisboa

Caminhadas em Lisboa

Temos 22 940 Caminhadas. Compare e reserve ao melhor preço!

Férias no Algarve com caminhadas em passadiço

O Algarve é muitas vezes encarado erradamente como um destino limitado ao verão e às praias de águas cristalinas e areais dourados. Contudo, os trilhos e caminhos pedestres do Algarve estão entre os mais bonitos e interessantes da Europa. Existem percursos para todos os gostos, tanto no litoral, no barrocal, como na serra. As caminhadas nos Passadiços do Alvor e nos Passadiços da Ponta da Piedade são duas opções de eleição. Ao longo destes caminhos, poderá observar praias oníricas, aldeias perdidas no interior algarvio, cascatas e parques naturais. Neste artigo, vamos analisar as opções de alojamento no Algarve, caminhadas em passadiço e dicas sobre os melhores trilhos pedestres.

Inicie a sua pesquisa

Casas de férias, quintas e herdades no Algarve

Porque devo ficar numa quinta ou herdade?

Se a ideia é aproveitar o melhor da natureza algarvia, saiba que existem quintas e herdades no Algarve onde pode ficar durante as suas férias. Pode encontrar estas opções de alojamento na Costa Vicentina, Tavira, Castro Marim, Lagos e Praia Verde. As quintas e herdades oferecem um conforto diferenciado quando comparadas aos apartamentos, já que possuem terraço, jardim ou piscina. Estas comodidades não devem ser menosprezadas depois de um dia de caminhadas e muitas aventuras. Algumas destas quintas e herdades ficam perto da praia, pelo que pode dar um mergulho no final do dia ou preparar um lanchinho para comer na praia.

Que outras casas de férias posso encontrar no Algarve?

Para além das quintas e herdades, existem outras casas de férias com diferentes especificidades e nos destinos mais populares do sul de Portugal. O clima quente de locais como Albufeira, Portimão, Quarteira, Vilamoura ou Monte Gordo faz com que seja normal encontrar casas com piscina nesta zona do país. Para quem pretende dedicar as suas férias a fazer caminhadas no Algarve, as casas com ar condicionado, churrasqueira, cozinha e máquina de lavar são muito apreciadas, já que se adaptam às necessidades do final do dia. Algumas casas de férias permitem animais de estimação, caso queira usufruir da companhia do seu patudo durante as férias.

Encontrar Caminhadas no Algarve

Dicas para os melhores caminhos pedestres do Algarve

Trilho dos 7 Vales Suspensos

Distinguido em 2019 como "O Melhor Destino para Caminhadas da Europa" pelo European Best Destinations, o Trilho dos 7 Vales Suspensos é obrigatório para quem quer fazer caminhadas no Algarve. Neste percurso de 6 km (12 km ida e volta) entre a Praia da Marinha e a Praia Vale de Centeanes pode experienciar algumas das mais incríveis paisagens do litoral algarvio que incluem arribas, algares e grutas. A dificuldade técnica é moderada, mas não é aconselhável fazer o trilho completo com crianças devido aos caminhos algo acidentados e da proximidade com as falésias. Em média, demorará 6 horas a fazer os 12 km deste percurso.

Passadiços do Alvor

Esta é a melhor opção do Algarve para caminhadas em passadiço. Com 6 km de distância (12 km ida e volta) e uma dificuldade técnica fácil, os Passadiços do Alvor são os maiores do Algarve, fazendo a conexão entre a Praia dos Três Irmãos e a Ria de Alvor. Até chegar à ria, o caminho faz-se bem junto ao mar, proporcionando vistas excelsas das ondas hipnotizantes e das dunas muito usuais nesta região. A ria é um tesouro escondido, já que não é muito falada, mas permite tirar fotos únicas dos pequenos sapais e areais que compõem o local. Este é um percurso pedestre muito tranquilo e que também pode ser feito a pedalar, embora existam percursos de bicicleta no Algarve mais indicados para esta prática.

Percurso Pedestre da Fonte Benémola

Este pequeno trilho circular é um dos mais bonitos caminhos pedestres do Algarve. A Fonte Benémola integra o barrocal algarvio, ou seja, situa-se entre o litoral e as serras, estendendo-se por uma distância de 4.5 km. A sua dimensão e a dificuldade técnica fácil fazem com que seja uma opção perfeita para uma caminhada de 1 hora e meia em família. Se quiser aumentar a duração desta caminhada para 9 km, aconselhamos que escolha o LLE PR 12 – 7 Fontes que passa também pelo tanque da Cerca Nova e o Miradouro dos Corcitos. A comunhão das águas com as rochas e as árvores resulta em fotografias lindíssimas.

Trilho das Cascatas da Serra de Monchique

Este trilho de montanha representa um desafio mais adverso, já que está classificado com dificuldade técnica difícil. Trata-se de uma caminhada circular de 17 km, que tem início e fim no Miradouro da Fóia, o ponto mais alto do Algarve com 900 metros de altitude. Aqui poderá apreciar vistas panorâmicas da Serra de Monchique e até avistar o Cabo de São Vicente em dias com boa visibilidade. Ao longo de 3 horas e meia, irá deparar-se com três das mais bonitas cascatas algarvias: Penedo do Buraco, Chilrão e Barbelote. Para este trilho, recomenda-se o uso de sapatilhas de montanha, roupa confortável e alguns mantimentos para uma caminhada agradável.

Férias em Lisboa: trilhos e passadiços para amantes de caminhadas

A encantadora capital de Portugal, Lisboa, é mundialmente conhecida pela sua História e pela atmosfera cultural e urbana. Embora seja principalmente reconhecida como um destino histórico e cultural, no entanto, a região lisboeta também oferece uma variedade de trilhos e caminhos pedestres deslumbrantes, que estão entre os mais bonitos e interessantes da Europa, encontrando-se alguns na própria cidade e outros nos seus arredores, a pouco mais de 30 minutos de viagem, como acontece com os trilhos na região de Sintra, Cascais ou Arrábida. Os amantes de caminhadas na região de Lisboa poderão aproveitar as suas atividades favoritas na natureza, sem deixar de aproveitar o melhor do património histórico. Assim, além da urbe, conhecerá vistas panorâmicas do litoral (como acontece nos Passadiços da Duna da Cresmina), espaços de relevo natural (como o Parque Natural de Monsanto ou a Serra de Sintra), que oferecem também as melhores condições para a prática de yoga em Lisboa e trilhos que unem natureza e cultura, deixando traços da herança histórica ao longo de bonitos trilhos pedestres (tomemos como exemplo os Passadiços do Barreiro com os seus Moinhos de Maré). Para que possa ir ao encontro de tudo isto e aproveitar os caminhos pedestres em Lisboa, terá uma variedade de acomodações para todos os tipos de viajantes, sendo que muitas das opções de alojamento na região de Lisboa oferecem proximidade aos melhores trilhos pedestres ou aos acessos que o levarão até eles, sem esquecermos as dicas mais valiosas para garantir que aproveita ao máximo as caminhadas em trilhos e em esplêndidos passadiços na região de Lisboa.

Inicie a sua pesquisa

Casas de férias em Lisboa: opções perto de trilhos e passadiços

Como posso ficar perto de trilhos e passadiços em Lisboa?

Todos os viajantes são diferentes e, se o que pretende é aproveitar o melhor da prática física e das caminhadas pela natureza em Lisboa, o melhor será explorar as opções de alojamento perto de locais naturais. Poderá escolher um dos apartamentos de férias em Lisboa perto do coração verde da cidade, o Parque Natural de Monsanto, ou optar por permanecer nos melhores locais para caminhadas em Lisboa, que ficam a cerca de meia hora do centro da cidade e o levam até destinos como Cascais, Sintra, Estoril, Barreiro ou Setúbal: regiões abrangidas pela chamada "Grande Lisboa" e onde existem trilhos e passadiços magníficos à sua espera. Estas unidades de alojamento oferecem o melhor do conforto e uma proximidade apelativa relativamente a espaços naturais, sendo que muitas delas, com terraços, jardins e piscinas, são em si um convite para viver momentos ao ar livre, mesmo sem sair de casa. Outro ponto apelativo para quem gosta de caminhar ou quer conhecer Lisboa em bicicleta é que muitas destas casas permitem a estadia do seu animal de estimação, permitindo que leve uma companhia de 4 patas nestas aventuras.

Unidades de alojamento sustentáveis numa estadia em Lisboa?

Os amantes de caminhas usualmente privilegiam o contacto com a natureza e têm por ela, também, uma postura de grande respeito. Na região de Lisboa encontrará, muito perto de alguns dos principais pontos de interesse natural, bungalows e espaços de agriturismo que marcam as tendências por serem sinónimo de conforto, comodidade e sustentabilidade. Estes espaços podem ser um ponto de partida muito interessante para os caminhantes e entusiastas dos trilhos, deixando que regresse do hiking ou trekking para um ambiente de contacto com a natureza, onde poderá mergulhar na piscina, aproveitar os espaços ao ar livre ou simplesmente descansar com todos os essenciais para o conforto.

Dicas para os melhores caminhos pedestres em Lisboa

Faça caminhadas nos passadiços de Lisboa

Mesmo que o seu pendor urbano seja caraterístico, ao ficar nas casas de férias em Lisboa perceberá que esta cidade tem a vantagem de uma localização privilegiada e, nos arredores da cidade, a pouco mais de meia hora de viagem, encontramos uma Lisboa para caminhadas em passadiço. Fazendo o deleite de quem não quer perder o melhor das caminhadas da capital, estes locais convidam para que se aventure na busca das melhores paisagens e dos passeios ao ar livre. Em Vila Franca de Xira vai encontrar os trilhos conhecidos como Passadiços do Tejo. Ainda que este não seja o seu nome oficial, o percurso tornou-se conhecido como tal pela proximidade com o rio e oferece uma extensa rede de caminhos que pode fazer a pé ou de bicicleta, em quatro percursos distintos, levando-o, respetivamente, ao Parque Urbano com o seu núcleo museológico A Póvoa e o Rio; ao Parque Linear Ribeirinho que o leva à Praia dos Pescadores; ao Trilho do Forte da Casa e ao Trilho da Verdelha: locais ideais para conhecer uma importante zona de sapal e observar a paisagem agrícola. Também os Passadiços da Duna da Cresmina, localizados no Guincho, em Cascais, são uma opção entusiasmante, que o leva pelas praias e as dunas ao longo de 2,5 quilómetros, onde a biodiversidade também estará presente. Destacamos ainda os Passadiços do Barreiro, na margem Sul, que liga a região urbana da cidade à Praia da Alburrica, por um percurso onde pode observar alguns moinhos de vento antigos.

Visite os arredores de Lisboa e conheça trilhos naturais de destaque

De entre o sem fim de trilhos nos arredores de Lisboa, destacamos três, respetivamente na Serra Sintra, no Cabo da Roca e na Serra da Arrábida. Em Sintra terá inúmeros trilhos, cuja distância e intensidade dependerá da rota selecionada e onde poderá conhecer uma região deslumbrante, em caminhos que o levam a locais históricos de grande valor, como o Castelo dos Mouros, por caminhos deslumbrantes, onde densas florestas e vistas panorâmicas impressionantes da costa e das colinas circundantes esperam por si. O Caminho do Castelo dos Mouros destaca-se, tendo cerca de 3 km e iniciando-se na entrada do Parque da Pena, subindo, depois, por um caminho sinuoso, até ao Castelo dos Mouros, numa expedição com vistas deslumbrantes dos palácios, dos jardins exuberantes e da paisagem circundante. Seguindo até ao Trilho do Cabo da Roca (aproximadamente 5 km totais) irá ao encontro da beleza selvagem do ponto mais ocidental da Europa, pintado por penhascos dramáticos e um vasto oceano. Neste trilho poderá ainda visitar o Farol do Cabo da Roca. Por fim, destacamos ainda os trilhos do Parque Natural da Arrábida, que o leva até um paraíso natural com praias paradisíacas e paisagens deslumbrantes. O Trilho dos Moinhos, circular e de 7 km, é um dos mais conhecidos, começando na aldeia de Azeitão e levando-o, por vinhas, colinas e bosques, a conhecer antigos moinhos de vento e a apreciar a beleza da vegetação mediterrânea em momentos de tranquilidade e contemplação.

Espreite os trilhos do coração verde lisboeta

É verdade que os amantes de caminhadas têm muito a ganhar em sair da cidade para visitar os arredores, mas o facto é que, em pleno coração de Lisboa, também têm opções. Os Trilhos do Parque Natural de Monsanto levam-no a um pulmão urbano desta localidade, onde encontra trilhos fáceis e moderados cuja distância variará de acordo com a rota escolhida. Aqui, poderá explorar uma variedade de paisagens, desde colinas arborizadas até áreas de lazer, respirando ar puro e desfrutando do verde em momentos de tranquilidade e conexão com a Natureza. Um dos trilhos mais aclamados é o Trilho do Aqueduto ou Percurso Pedestre da Rota da Água, um percurso de 10 km que se inicia na Estrada do Barcal e segue ao longo do Aqueduto das Águas Livres, uma obra-prima da engenharia oitocentista. Além da grande beleza arquitetónica do aqueduto, poderá desfrutar de vistas panorâmicas sobre a cidade de Lisboa e trilhar um caminho rico em áreas arborizadas, ideal para esquecer o stress do quotidiano e a agitação da cidade.

Aproveite um trilho urbano e cultural

O conhecido Trilho da Rota dos Miradouros encontra-se na urbe lisboeta e conta com aproximadamente 7 km, tendo uma dificuldade média. Esta é uma excelente forma de explorar a cidade de Lisboa a pé, passando por alguns dos miradouros mais famosos e vendo algumas das mais bonitas vistas panorâmicas que esta oferece. Começando no centro histórico, terá a oportunidade de caminhar por ruas antigas e sinuosas, berços de tradição, avançando até miradouros deslumbrantes, como o Miradouro da Graça ou o Miradouro da Senhora do Monte. A partir destes, aprecie as vistas panorâmicas da cidade, tire fotografias e mergulhe na atmosfera única dos bairros mais pitorescos de Lisboa, como Alfama e a Mouraria.

FAQs: Caminhadas no Algarve

É preciso estar em boa forma para fazer os trilhos de caminhada de Lisboa?

Cada percurso tem as suas caraterísticas e, por isso, terá certamente trilhos que se adequam à sua condição física. Ainda que alguns trilhos possam ser mais exigentes, também encontrará em Lisboa muitos trilhos com dificuldade baixa, ideais para quem tem menos experiência em caminhadas. Procure sempre os trilhos demarcados e veja qual o nível de dificuldade inerente a cada um antes de se aventurar. Assim terá a certeza de que faz um trilho adequado às suas caraterísticas físicas.

Quais são os melhores locais dos arredores de Lisboa para quem quer fazer caminhadas

Sintra, Cascais, Estoril, Barreiro e Serra da Arrábida destacam-se facilmente como alguns dos melhores locais para fazer trilhos e passadiços. Aproveite a sua estadia em Lisboa e aproveite os percursos assinalados.

Posso fazer as minhas caminhadas em Lisboa com crianças e animais de estimação?

Muitos dos trilhos e passadiços da região lisboeta permitem que leve os seus filhos ou companheiros de quatro patas, devendo apenas, no caso das crianças, garantir que não seleciona os percursos mais longos (ou que não os faz na totalidade). Tenha ainda em atenção que alguns dos trilhos naturais podem ter um terreno acidentado, que exigirá maior atenção aos caminhantes mais pequenos, para evitar acidentes.

Destinos de férias nas proximidades de Caminhadas

A Holidu compara centenas de websites para encontrar o alojamento de férias perfeito pelo melhor preço.

Booking.com Caminhadas no AlgarveBooking.com Caminhadas no Algarve
Airbnb Caminhadas no AlgarveAirbnb Caminhadas no Algarve
Vrbo Caminhadas no AlgarveVrbo Caminhadas no Algarve
Bookiply Caminhadas no AlgarveBookiply Caminhadas no Algarve
FeWo-direkt Caminhadas no AlgarveFeWo-direkt Caminhadas no Algarve
Abritel Caminhadas no AlgarveAbritel Caminhadas no Algarve
HRS Caminhadas no AlgarveHRS Caminhadas no Algarve
500+